Buscar
  • TRYP Paraíso

Turismo Responsável - Limpo e Seguro

O Ministério do Turismo lançou o selo Turismo Responsável, um programa que estabelece boas práticas de higienização para cada segmento do setor.


O selo é um incentivo para que os consumidores se sintam seguros ao viajar e frequentar locais que cumpram protocolos específicos para a prevenção da Covid-19, como é o caso do TRYP by Wyndham São Paulo Paraíso posicionando o Brasil como um destino protegido e responsável.


Essa é a primeira etapa do Plano de Retomada do Turismo Brasileiro, coordenado pelo Ministério do Turismo, com o objetivo de diminuir os impactos da pandemia e preparar o setor para um retorno gradual às atividades.


Protocolos adotados pelo TRYP


Protocolo Básico

  • Assegurar a lavagem e desinfecção das superfícies onde colaboradores e consumidores circulam;

  • Promover a medição da temperatura de todos os frequentadores na entrada do estabelecimento, observando que a clientela que apresente febre (37,3º segundo a OMS) ou mesmo febre autoreferida, deve ser orientada a buscar o serviço de saúde e seu acesso não deve ser permitido;

  • Realizar a limpeza, várias vezes ao dia, das superfícies e objetos de utilização comum (incluindo balcões, interruptores de luz e de elevadores, maçanetas, puxadores de armários, entre outros);

  • Promover a renovação de ar, regularmente, das salas e espaços fechados, abrindo as janelas e portas para passagem da correnteza aérea e não utilizar função de recirculação de ar em espaços de uso exclusivo de ar condicionado;

  • Disponibilizar álcool a 70% nas formas disponíveis (líquida, gel, spray, espuma ou lenços umedecidos) em locais estratégicos como: entrada do estabelecimento, acesso aos elevadores, balcões de atendimento, para uso de clientes e trabalhadores;

  • Utilizar lixeiras que não precisem ser abertas manualmente e esvaziá-las várias vezes ao dia;

  • Disponibilizar, nos banheiros, sabonete líquido e toalhas de papel descartáveis;

  • Disponibilizar cartazes com informações/orientações sobre a necessidade de higienização de mãos, uso do álcool 70% nas formas disponíveis (líquida, gel, spray, espuma ou lenços umedecidos), uso de máscaras, distanciamento entre as pessoas, limpeza de superfícies, ventilação e limpeza dos ambientes; e

  • Providenciar o controle de acesso, a marcação de lugares reservados aos clientes, o controle da área externa do estabelecimento e a organização das filas para que seja respeitada a distância de pelo menos 1 metro entre as pessoas.

Protocolos Específicos


As premissas abaixo apresentadas foram elaboradas por meio de pesquisa em documentos de benchmarking e boas práticas tanto em âmbito nacional como internacional. Houve, ainda, sessões de debates junto a profissionais da hotelaria que atuam em setores como: Front Office, Governança, Alimentos e Bebidas, Eventos e Lazer.


Este material foi elaborado de forma coletiva contemplando os diversos tipos e tamanhos dos empreendimentos hoteleiros, bem como as premissas básicas para garantir a prevenção da saúde e a não transmissão do Covid-19, como: distanciamento social, higiene pessoal, sanitização de ambientes, comunicação e monitoramento.


Este primeiro momento contou com a orientação do especialista em Hospitalidade Hospitalar, Marcelo Boeger, e da equipe do SENAC São Paulo. Aqui apresentamos as premissas básicas para os protocolos de segurança no setor de meios de hospedagem, sobretudo enquanto durar o estado de calamidade pública / emergência ou medidas correlatas de restrições em respeito as orientações de autoridades locais com relação ao controle do Covid-19.


Este documento contou com a validação das associações hoteleiras citadas abaixo:


ABIH – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis Nacional

AMTSBE – Associação Mundial Turismo de Saúde e Bem

BLTA – Brazilian Luxury Travel Association, Associação Brasileira de Resorts

FBHA – Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação

FOHB – Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil

RESORTS BRASIL – Associação Brasileira de Resorts


Confira a matéria completa neste link do Ministério do Turismo.

73 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo